Selecione sua localização para ver o conteúdo específico para seu país

x

Estoque De Seguranca E Geracao De Receita

É necessário ter critérios claros e análises muito bem definidas para que o estoque de segurança esteja alinhado com a estratégia da empresa.

A otimização do estoque de segurança auxilia a sua empresa a atender a demanda, aumentando, portanto, a receita. Contudo, reter grandes quantidades no estoque de segurança pode drenar recursos valiosos. Além disso, acontecimentos inesperados podem ocorrer e os clientes podem acabar não comprando o que era esperado. Por exemplo, alguns clientes compram mais estoque, outros menos, enquanto outros fazem trocas por produtos substitutos e outros são inteiramente novos para a empresa. Como resultado, ao fazer a previsão da demanda, sempre há algum nível de incerteza. Para gerir tal ambigüidade, é necessário manter algum  estoque de segurança. Caso fosse possível ter previsões 100% assertivas, os estoques de segurança seriam um desperdício. Por isso, dadas as inúmeras influências nos padrões da demanda, decidir a quantidade de estoque de segurança a ser mantida é uma decisão importante.

Para calcular de modo adequado os níveis de estoque de segurança, é necessário definir um parâmetro de nível de serviço baseado na medida em que se deseja cobrir da incerteza da demanda. Embora se possa esperar alcançar níveis de serviço de 96% ou até mesmo de 98%, tais parâmetros podem resultar em altos níveis de estoque de segurança. Da perspectiva de vendas, ter um nível de serviço de 99,9% seria um parâmetro muito realista. No entanto, poucas empresas possuem o capital necessário para investir na otimização do estoque de segurança para cada item de seu portfólio.

A solução é categorizar os produtos e fazer apropriações inteligentes. Por exemplo, muitas vezes, armazenar grandes quantidades de um produto é exatamente o que a empresa precisa, ao passo que não ter estoque de segurança para outros é a decisão mais acertada.

Ao analisar quais produtos requerem altos níveis de estoque de segurança, uma gama de variáveis deve ser considerada. Por exemplo, há o nível de incerteza o qual pode ser mensurado como desvio da demanda histórica. Os custos de estoque também devem ser considerados, já que a otimização de itens mais caros tem naturalmente um valor mais alto. Itens de menor valor podem ser armazenados com custos relativamente menores. Por fim, lead times podem ter um impacto significativo já que quanto maiores, maiores também as necessidades de manutenção dos itens em estoque.

Conclusão

Há dois aspectos que determinam as exigências para o estoque de segurança:

  • Quão importante é ter um alto nível de serviço
  • Qual é o custo de se ter um nível de serviço alto?

Matrix Custo X Importancia 300x300

Otimização do Estoque de Segurança na prática

Estabelecer classes para todos os itens disponíveis é um dos melhores meios para se encontrar o equilíbrio para o estoque de segurança. Através de uma Análise ABC, é possível destacar quais os produtos exigem um alto nível de serviço. Itens A, por exemplo, são produtos que devem estar sempre disponíveis. No entanto, antes de formar a base da Análise ABC, indicadores de performance (KPI) devem ser estabelecidos.

Há dois objetivos principais para determinar KPIs: por um lado, o foco deve estar nas margens de lucro de um produto e em seu giro.  Por outro lado, a satisfação do cliente  é fundamental. Normalmente, linhas de pedido ou número de transações – podem ser usadas para indicar o nível de satisfação do cliente.

A fim de gerenciar o custo associado com a otimização do estoque de segurança, o Slim4 utiliza classes de demanda para oferecer uma abordagem muito prática. Além das opções anteriores, uma outra alternativa é realizar uma análise de classificação XYZ sobre o desvio padrão da demanda ou do número de transações. Após criada a classificação, é possível configurar a matriz e atribuir níveis de serviço desejados.

Tabela Abc Xyz

É também possível aplicar +1% ou -1% para produtos especiais classificados como Super A, ou para itens que são muito caros ou de importância estratégica para o negócio.

Depois de ter classificados seus produtos e definido uma matriz, é possível utilizar o recurso de simulação (What-If) do Slim4 para determinar qual será o gasto com o estoque de segurança. Isso permite o ajuste de todos as classes de produtos até atingir o equilíbrio perfeito entre o investimento e o nível de serviço desejado.

Devido a digitalização promovida por uma solução como o Slim4, todas as atividades e procedimentos são efetuados através de alguns simples cliques, não tendo necessidade de extração de relatórios e manuseio de planilhas. Assim sendo o resultado é focado na melhor tomada de decisão através de fatos e dados, e logo de maiores ganhos financeiros e operacionais para a empresa.

Além do benefício da otimização dos estoques e de toda a cadeia de suprimentos, o software da Slimstock, o Slim4, proporciona uma visão mais precisa do estoque sob o ponto de vista financeiro. As decisões financeiras passam a ser melhor encontradas quando há dados de qualidade sobre os quais os prognósticos são determinados. A gestão do estoque aliada com a inteligência de um software reconhecido no mercado global é a melhor maneira para se otimizar o capital de giro e trazer o alinhamento entre as áreas de vendas, supply chain e finanças.

Desde 1993, a Slimstock tem sido sinônimo da melhor previsão de demanda, da mais eficiente gestão de estoque, de uma clara análise de estoque e de um estoque confiável. Temos mais de 1.000 clientes em todo o mundo que incluem grandes, médias e pequenas empresas.

Fale com nosso especialista e veja como superar os desafios de estoque

especialista-planejamento-de-demanda-gestao-de-estoque

Luis Talib

Call_icon mail_icon LinkedIn_icon