LEC lote econômico de compra (EOQ)

Lote econômico de compra: como calcular

O cálculo do lote econômico de compra (LEC, ou EOQ - "Economic Order Quantity") e o do estoque de Segurança são fundamentais para o bom funcionamento de toda empresa que precise gerenciar estoques. Seja qual for o tamanho da empresa --- minúscula ou gigantesca --- as regras de cálculos de estoque permanecerão sendo as mesmas, assim como os benefícios advindos de uma otimização de estoques. Vamos auxiliar você a entender como esse cálculo é feito.

Lote Econômico de Compra (LEC, ou EOQ)

Na literatura existem vários estudos sobre como calcular o lote de compra correto. No entanto, vamos contar com o cálculo feito pelo Camp, conhecido como EOQ (Economic Order Quantity). Essa fórmula nos diz que, com pedidos mais altos, teremos custos de ordem mais baixos e custos de estoque mais altos. Enquanto as encomendas mais baixas têm custos de encomenda mais elevados e custos de estoque mais baixos. Isso significa que ele está apenas tentando encontrar o ponto de equilíbrio entre os dois custos mencionados.

Matematicamente, é expresso da seguinte maneira:

Fórmula do Lote Econômico de Compra (LEC ou EOQ) --- Slimstock

Onde "D" é a demanda anual do produto, "CF" corresponde aos custos fixos de colocar um pedido ou alteração, "P" é o preço do produto e "h" é o custo de armazenamento expresso como uma porcentagem do preço .

Se você mexe com planilhas no Excel, há duas maneiras de utilizar a fórmula:

LEC =((2*D*CF)/(P*h))^(1/2)

ou 

LEC =raiz((2*D*CF)/(P*h))

 

O que é Estoque de Segurança

O Estoque de Segurança é planejado com o intuito de evitar rupturas (falta de estoque, ou "stock out") durante o período de ressuprimento. Para estabelecer o cálculo do estoque de segurança, é importante saber o desvio das vendas acima e abaixo da média. Temos um item com uma demanda média de 100 unidades por mês, um tempo de entrega de 1 semana e uma quantidade de 300 peças. Para determinar a variação de vendas, precisamos saber os valores exatos destes durante os últimos 12 meses:

Exemplo para Calcular de Estoque de Segurança - Slimstock

Na tabela de exemplo, os dois casos têm uma demanda média de 100 unidades mensais. No entanto, a frequência de vendas em cada mês varia muito entre um caso e outro. É comum cometer o erro de calcular o estoque de segurança da mesma forma em todos os itens, mas na verdade seu cálculo deve ser feito dependendo do desvio da demanda. Em seguida, usaremos o Caso 1 para exemplificar os cálculos necessários em um item com uma distribuição normal.

Quando temos uma demanda de distribuição normal, é provável que a venda do próximo mês esteja acima ou abaixo da média. A dispersão em torno da média é o que conhecemos como desvio padrão (σ). Considerando esse fator, o cálculo do estoque de segurança (Safety Stock) é:

Fórmula para Estoque de Segurança --- Slimstock

Onde "z" é o fator de segurança dependendo do nível de serviço desejado e PE é o prazo de entrega. A variável z está fortemente relacionada ao nível de serviço e nos diz quanto do desvio padrão está acima da média disposta a cobrir. Os valores podem ser extraídos da tabela de distribuição normal Z.

Variação nos prazos de entrega

O problema com a fórmula anterior é que essa pressupõe que não há variação no tempo de entrega. Esta situação é muito rara, pois que sabemos pela prática diária que também o tempo de entrega (lead time) está condicionado a múltiplas variáveis. Portanto, precisamos ajustar um pouco a fórmula para também considerar a variação nos tempos de entrega dos fornecedores. A fórmula do Estoque de Segurança (Safety Stock) fica assim:

Fórmula de Estoque de Segurança com Nível de Serviço - Slimstock

Exemplo Variação no Lead Time:

Para entender a fórmula, vamos aplicá-la a um exemplo. Suponha que tenhamos um item com uma demanda média de 100 unidades por dia. Com um desvio padrão de 50 unidades e um nível de serviço solicitado pela administração de 97,5%. Neste exemplo, temos dois fornecedores:

Fornecedor A: Oferece um prazo de entrega de 10 dias e é muito confiável, o que poderia traduzir para um desvio do tempo de entrega igual a zero.

Fornecedor B: Fornecer menor custo do produto, em troca de menor confiabilidade de suas entregas, com um desvio de 5 dias. Ao calcular o estoque de segurança para ambos os casos, temos o seguinte:

Fórmula de Estoque de Segurança com Variação do nível de serviço do Fornecedor --- Slimstock

Caso você esteja usando o Excel, o exemplo do Estoque de Segurança (Safety Stock) com o Fornecedor A fica assim:

=1,96*(10*50+10000*0)^(1/2)

ou

=1,96*raiz(10*50+10000*0)

O impacto do desvio padrão no período de entrega é significativo ao determinar o estoque de segurança. De fato, o peso que essa variável possui é mais forte do que o próprio desvio da demanda. Vamos ver a seguinte tabela de resumo:

Comparativo: desvio na demanda x desvio na entrega --- Slimstock

Com o resultado, a importância das negociações com fornecedores em relação à sua confiabilidade em termos de entrega é clara e decisiva. É fundamental considerar a variação nos tempos de entrega, para calcular o lote de compra e o estoque de segurança.

Vídeo sobre Lote Econômico de Compra e Estoque de Segurança

Se você quiser se aprofundar no entendimento a respeito do cálculo do Estoque de Segurança e de LEC, a Slimstock ES preparou um excelente vídeo que trata de todos os tópicos com uma abordagem profissional e com exemplos da vida real, mostrando como é importante reduzir os custos totais da cadeia de suprimentos e melhorar, assim, a rentabilidade e a competitividade da empresa. Somos especialistas em otimização de estoques.

 Veja como calcular o custo total de estoque >>

Aviso aos estudantes:

Se você está estudando para as provas da Escola ou da Faculdade, bons estudos e esperamos ter ajudado. Aproveite para falar com seus professores sobre a Slimstock, pois podemos levar o nosso Beer Game, o jogo de Supply Chain da Slimstock, para sua sala de aula. É sempre sucesso!

Aviso aos profissionais:

Se você está precisando ajustar o planejamento da sua empresa e ainda depende de planilhas de Excel para calcular centenas ou milhares de SKUs, saiba que sua empresa está assumindo um enorme risco e perdendo competitividade (ver mais). Esta é a hora de falar conosco e conhecer a nossa ferramenta de otimização de estoques: o Slim4. Os cálculos do LEC e do Estoque de Segurança são dois dos muitos parâmetros com os quais se deve lidar quando o assunto é estoque. Ocorre que há muitos outros a se considerar quando se almeja uma verdadeira otimização, por exemplo: planejamento de demanda, níveis de serviço, gestão de portifólio, gestão de fornecedores, gestão de promoções, etc. Por isso, em um ambiente no qual há centenas ou milhares de SKUs e que se comporta de modo cada vez mais competitivo, é fundamental ter uma ferramenta robusta para automatizar todo o processo de compra. A Slimstock é líder em otimização de estoques e possui mais de 800 clientes satisfeitos ao redor do mundo. E o Slim4 é o software robusto da Slimstock que auxilia empresas a ganharam vantagem competitiva. Saiba mais sobre as soluções que a Slimstock tem a oferecer.

A necessidade da ferramenta certa para o trabalho

Nesse ambiente dinâmico e volátil do mercado, é necessário operar com as máximas velocidade e precisão possíveis. Estar bem preparado para as mudanças do mercado é o que garantirá um desempenho maior que a concorrência e a conquista de mercado. Para tanto, ter a ferramenta certa para otimizar a gestão de portfólio e de estoques é fundamental.

Na Slimstock, somos especialistas na otimização de estoque e temos uma solução para cada tipo de negócio. Nosso software de otimização, o Slim4, é utilizado com sucesso por várias empresas ao redor do mundo.

Desde 1993, a Slimstock tem sido sinônimo da melhor previsão de demanda, da mais eficiente gestão de estoque, de uma clara análise de estoque e de um estoque confiável. Temos mais de 800 clientes em todo o mundo que incluem grandes, médias e pequenas empresas.

 

SHARE: